Professor
Sérgio Antônio - Cavaleiro da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém.

 

 

 

 

"Vós sereis minhas testemunhas em Jerusalém, por toda a Judeia e Samaria e até aos confins do mundo”.

(At 1, 8). 

 

No dia 27 de outubro de 2017, em Solenidade Eucarística na Igreja do Outeiro da Glória, no Rio de Janeiro, o professor Sérgio Antônio de Paula Almeida foi investido Cavaleiro, da Nobre e Pontifícia Ordem do Santo Sepulcro de Jerusalém, por Sua Eminência Reverendíssima Cardeal Orani João Tempesta, Prior da Ordem no Brasil, com Sede (Lugar-Tenente) no Rio de Janeiro. "A Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém, de antiga origem, reordenada e enriquecida com privilégios pelos Sumos Pontífices, por vínculos históricos, jurídicos e espirituais está sobre a benigna proteção da Santa Sé. A Ordem é pessoa jurídica de Direito Canónico, segundo as Cartas Apostólicas de Sua Santidade Pio XII de 14 de Setembro de 1949 e de Sua Santidade João XXIII de 8 de Dezembro de 1962, e também pessoa jurídica vaticana, segundo o Rescrito de Sua Santidade João Paulo II de 1 de Fevereiro de 1996 ". (Estatuto da OESSJ, art. 1).

 

"É a maior das honras de minha vida", disse o professor Sérgio Antônio, que é graduado em História pela FASM – Muriaé. "Também é um privilégio por ser esta Ordem de Cavaleiros a mesma criada por Godofredo de Bulhões, por volta de 1099, durante a Primeira Cruzada. São nove séculos de história e um mesmo objetivo: defender o Sepulcro de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ali está a razão de nossa fé. O Sepulcro vazio é o sentido de tudo o que acreditamos. Atualmente, o defendemos também, de muitas formas, nas obras mantidas pelo Patriarcado de Jerusalém. São asilos, escolas, dispensários e centros de apoio para os que mais necessitam em uma região de conflitos e intolerância religiosa constante".

 

O professor Sérgio Antônio leciona na FASM – Muriaé, nos cursos de graduação em História, Pedagogia, Matemática e Biologia e no Colégio Santa Marcelina. Possui especializações em História do Brasil e em História e Cultura Afro-brasileira. Cursou Gestão em Patrimônio Cultural pela Universidade de Évora em Portugal – Cátedra da UNESCO. É Mestre em Patrimônio Cultural pela Universidade Federal de Viçosa.