Alunos
da FASM tocarão com a Orquestra de Câmara de São Paulo

Com repertório de Mozart, Haydn e Bach, estudantes do Curso de Música apresentam-se com a Orquestra de Câmara de São Paulo

Os alunos do Curso de Música da Faculdade Santa Marcelina (FASM) irão se apresentar, como solistas e regentes, no próximo concerto da Orquestra de Câmara de São Paulo, cujo regente é o maestro Ricardo Cardim. O evento é gratuito, aberto ao público e acontece em 7 de novembro, às 20 horas, no Teatro Laura Abrahão, na Unidade Perdizes.  

Para participar, inscreva-se aqui. 

Resultado de uma parceria da FASM com a Orquestra de Câmera de São Paulo, a realização do concerto tem como objetivo permitir aos alunos a vivência, em todos os aspectos, da realidade de um artista profissional na área da música erudita. O concerto será regido por três estudantes de regência e terá como solistas alunos de canto, violino e piano que, junto com a orquestra, interpretarão obras de Mozart, Haydn e Bach.

De acordo com a professora Vera Cury, coordenadora do Curso de Música, os concertos dessa parceria, que acontecem duas vezes por ano, contando com músicos profissionais já consagrados, são de grande importância para os alunos. “Nossos estudantes encaram essa apresentação com muita responsabilidade. Eles cuidam com total disciplina da agenda de ensaios de suas apresentações. Para eles, é uma oportunidade única”.

Para Emiliano Patarra, professor de regência da FASM, o concerto proporciona aos alunos a vivência do dia a dia do trabalho de uma orquestra. “Quem escolhe um curso de graduação voltado às artes tem uma característica peculiar: já chega à faculdade sabendo algo relacionado à profissão, no intuito de se aperfeiçoar. O concerto exige um intenso trabalho de estudo e preparo. O sucesso da apresentação só depende deles. Essa responsabilidade é o real contato com o mundo profissional e faz com que os alunos sejam bem-sucedidos no que escolheram trabalhar”.
 

Sobre Ricardo Cardim:

Mestre em música pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), estudou regência orquestral do maestro Roberto Tibiriçá. Participou de diversos cursos de regência, como o International Conducting Masterclass, em Badaussee (Áustria), Conducting Workshop, em Weiz (Áustria), e o Conducting Workshop for Musical Educators, em Nova York (EUA). Foi regente-assistente da maestrina Gretchen Miller, da Orquestra Sinfônica Jovem da Escola Municipal de Música de São Paulo, de 2006 a 2008.  Atuou como gerente artístico da Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG), coordenando grupos musicais e as atividades artísticas nos polos do Projeto.
 

Sobre a Orquestra de Câmara

Formada em 2011, a Orquestra de Câmara de São Paulo é uma instituição independente e tem como meta especializar-se em repertório brasileiro composto ou arranjado para cordas, centrando-se periodicamente em compositores específicos, essencialmente dos séculos XX e XXI. Em 2012, iniciou o projeto “Música Brasileira: Erudita ou Popular? ”, com o qual apresentou, em 2013 e 2014, em diversas cidades do Estado de São Paulo. Nesse período, fechou parcerias com o Projeto Guri, Fábricas de Cultura e outras organizações de diversas regiões paulistas, incluindo o Sesc-Santos. Em novembro de 2015, como resultado de todo esse trabalho, lançou o CD “Música Brasileira: Erudita ou Popular?”.


Serviço: 
Concerto da Orquestra de Câmara de São Paulo
Data: 07 de novembro de 2017
Horário: 20h
Local: Faculdade Santa Marcelina – Unidade Perdizes – Rua Dr. Emilio Ribas, 89 – Teatro Laura Abrahão
Site: http://www.fasm.edu.br/
Evento gratuito e aberto ao público